Archive for Amizades Virtuais

Você quer ter 1 Milhão de Amigos!?!?

Olá Pessoal,

Esse é um trabalho muito bacana que minha amiga Teresa Amorim realizou
em sua pesquisa sobre Amizades Virtuais e que comenta em seu blog:
http://teresaamorimicgt.blogspot.com.br/

Sabemos o quanto nossas redes sociais nos estimulam a ter um grande número
de contatos, no entanto o quão verdadeiros e fortes são esses laços?
Esse números impressionam ainda mais quando estudos apontam que apenas
4% de todos nossos contatos estão em nossas Redes!

Se você precisar que alguém fize-se um favor por você quantos efetivamente
estariam alí para lhe socorrer? Interessante a Reflexão!

Abaixo segue a dissertação de mestrado da autora está disponível no site
da EICOS UFRJ link: Dissertação de Mestrado sobre amizade virtual

Confiram o texto original de autora abaixo, e boa leitura!

@braço
Carla Falcão

AMIZADES VIRTUAIS

“Eu quero ter um milhão de amigos / E bem mais forte poder cantar
Eu quero ter um milhão de amigos / E bem mais forte poder cantar”
(Roberto Carlos & Erasmo Carlos)[1]

“Eu quero ter um milhão de amigos”. Parece que, de alguma forma, essa música de Roberto e Erasmo Carlos traz para a nossa realidade um pouco do que temos vivido em nosso coletivo contemporâneo, as amizades virtuais. Alex Primo (2009) em seu blog “Dossiê Alex Primo” faz algumas considerações a esse respeito, ao mencionar que o cantor dessa música, não imaginaria que esse seria o objetivo de muitos indivíduos que usam as redes sociais online. Cabe a nós, refletirmos um pouco sobre as amizades que permeiam nossas vidas cotidianas.
Gosto de mencionar que minha motivação para uma pesquisa de mestrado sobre as amizades virtuais, surgiu a partir da minha experiência profissional como psicoterapeuta.

Iniciei minha profissão em um período em que as tecnologias do mundo virtual ainda não haviam invadido o ambiente doméstico. Desde então, tenho acompanhado as inovações tecnológicas, gerando alterações nas perspectivas humanas em suas formas de relacionamento social. No desenvolvimento do meu mestrado foi possível acompanhar alguns usuários, assim como a forma que os laços virtuais se fortalecem a cada dia.

A crescente frequência com que utilizamos as redes sociais, talvez reflita um desejo de se estar mais próximo dos outros. O mundo tecnológico trouxe novas formas de relacionamento. Disso não temos dúvidas. Mas colocamos foco na questão da quantidade de amigos virtuais.

O Facebook permite ao usuário ter o máximo de 5.000 amigos. Será possível ter tantos amigos on-line?  Gostaria de destacar a argumentação de Aristóteles sobre quantidade de amigos: “o excesso de amigos sobre o número suficiente para a nossa existência é supérfluo e constitui um obstáculo à vida nobre” (ARISTÓTELES, 1987, p. 172). Portanto, o grande filósofo adverte para o número elevado de “amigos”, de modo a manter um número apropriado para a convivência humana.

Mas, o que leva as pessoas a terem tantos amigos virtuais, quando sabemos que, seria impossível mantê-los de forma não virtual?  Para o sociólogo Mark Granovetter, os laços fracos são importantes para as redes sociais. Assim talvez, possamos apontar os fortes laços fracos das amizades virtuais como um grande network da vida contemporânea.

Um grande abraço Teresa Amorim